Patrícia Cristina Donatoni
(Araruna/PR)

foto com os dois livros_edited.jpg

Suas obras O Mundo das Letras e Viva o Zero foram publicadas por nós, estes são os seus primeiros livros? Como se deu a ideia de publicá-los? 

Sim, esses são os meus primeiros livros. A ideia veio com o meu trabalho em sala de aula como professora. E a magia do faz-de-conta que tanto encanta toda criança, me despertando o desejo de escrever para elas.

Qual o objetivo da sua obra, a sua importância para o universo literário ou para o assunto que aborda?

Essas duas obras, dentro do universo literário infantil ensinará de uma forma lúdica e divertida as letras do alfabeto, Unidade e Dezena. Pois quando lemos para uma criança, abrimos um mundo de possibilidade e aguçamos a sua imaginação.

Como é ser um escritor hoje em dia?

Maravilhosa, esses são os meus dois primeiros livros, e quando vejo outras pessoas lendo o que escrevi, sinto-me feliz.

Como suas experiências de vidas lhe influenciou na escrita? Quais são suas inspirações?

Ao longo da minha profissão, fui aprendendo e me encantando com o universo literário Infantil. E o sorriso de uma criança a ouvir histórias me inspirou a criar minhas próprias histórias, onde elas pudessem aprender dentro desse mundo da imaginação.

A família e os amigos lhe apoiou nesta empreitada? Qual fator determinante do apoio ou não deles?

A família e os amigos foram primordiais para essa nova experiência. Principalmente uma amiga que me incentivou a ir atrás desse sonho de publicar meus livros.

Como você enxerga a questão da leitura e do consumo de livros hoje no Brasil?

Infelizmente são poucos que se dedicam a leitura e ao consumo de livros em nosso país. Dados recentes alegam que cada dia mais perdemos leitores. Muitos falam que devido a falta de tempo e a correria do dia a dia, acabam deixando a leitura de lado. 

Você pretende seguir publicando mais livros? E quais assuntos que gostaria de abordar futuramente?

Sim pretendo continuar a publicar mais livros, e já tenho eles escritos. Amo a Literatura Infantil e pretendo continur por enquanto com ela.

Como você espera que os leitores interpretem a obra?

Com os olhos e o coração de uma criança. Que quando um adulto lê para ela a faz viajar no mundo da imaginação.

Como foi as suas experiências em publicar na Editora Becalete?

Foi ótima, todos muito dedicados e atenciosos com tudo. De um profissionalismo que me deixou super tranquila, por mais que esses fossem meus primeiros livros. Só tenho a agradecer a todos da Editora Becalete.

Deixe aqui um convite de leitura ao seu leitor, falando um pouco de vocês e da obra se preferir.

Olá, meu nome é Patrícia, sou professora a mais de 14 anos. Amo o que faço, e desse amor nasceu o desejo de escrever livros dedicados a crianças. Dá curiosidade de um aluno que me questionou o porquê da ordem do alfabeto ser da forma a quel é, surgiu "O Mundo das Letras", uma história divertida para explicar de maneira lúdica o alfabeto. Logo depois veio  "Viva o Zero"  que além de ensinar a Unidade e a Dezena, também nos ensina como todos somos importantes. Espero que todos amem essas duas hitórias.