Márcia Regina da Silva
(São Bernardo do Campo/SP)

foto com livro.jpg

Sua obra "Depois de tudo" foi publicada por nós, este é o seu primeiro livro? Como se deu a ideia de publicá-lo? 

Sim, este é o meu primeiro livro.

Escolhi usar as minhas redes sociais para falar sobre depressão e psicoterapia com o objetivo de levar esclarecimentos e, combater o preconceito ainda tão presente, tanto pela depressão como pela psicoterapia e, ao perceber o interesse dos meus seguidores, entendi que poderia atingir um público ainda maior.

Qual o objetivo da sua obra, a sua importância para o universo literário ou para o assunto que aborda?

Deixar claro que depressão não é frescura, ou falta do que fazer, ou falta de Deus como muitos dizem, mas   uma doença e que deve ser respeitada como qualquer outra.

Que fazer terapia não é coisa para louco e nem esperar que o Psicólogo resolva sua vida, mas que é um tratamento que promove autoconhecimento e ensina como lidar com a própria doença.

Como é ser escritor hoje em dia?

Tem sido muito gratificante receber feedback de pessoas que tiveram ou não contato com a depressão, relatando o quanto a leitura do meu livro está trazendo esclarecimentos, ou para se cuidarem ou para entenderem o que se passa com o outro. Isso é maravilhoso.

Como sua experiência de vida lhe influencia na escrita? Quais são suas inspirações?

A minha profissão é uma das minhas grandes paixões e a minha maior inspiração, é ela que me motiva e me inspira a escrever. Cada paciente e sua história, durante o processo terapêutico, desperta em mim a necessidade de levar à outras pessoas as inúmeras possibilidades que temos de nos libertar do que nos faz sofrer.

A família e os amigos lhe apoiaram nesta empreitada? Qual fator determinante do apoio ou não deles?

Não só apoiam como me motivam e "curtem" essa empreitada e, é exatamente esse movimento positivo e incentivador que me encoraja e me faz acreditar ainda mais.

Como você enxerga a questão da leitura e do consumo de livros hoje no Brasil?

Percebo que o interesse pela leitura vem crescendo, principalmente entre os jovens e, atribuo esse crescimento ao advento do livro digital, que tornou a leitura mais acessível aos jovens de baixa renda.

Você pretende seguir publicando mais livros? E quais assuntos que gostaria de abordar futuramente?

Sim, inclusive o segundo já está quase pronto para revisão rs... e pretendo continuar abordando o mesmo assunto, é o que domino, afinal são 37 anos de experiência e penso que tenho muito para compartilhar.

Como você espera que os leitores interpretem a sua obra?

Como eu disse, como um convite ao autoconhecimento, ao crescimento como pessoa e, principalmente, que descubram a sua capacidade de transformação e de libertação. Enfim, que percebam que tudo que buscam fora para serem felizes, é dentro deles que se encontra.

Como foi a sua experiência em publicar na Editora Becalete?

Simplesmente incrível! Desde o primeiro momento até o último contato, (até agora), a seriedade, profissionalismo, respeito e competência geraram total segurança. A assessoria pela minha falta de experiência trouxe tranquilidade e o acolhimento me fez sentir em casa e entre amigos. E é claro que o próximo livro terá a marca da Becalete e, já indiquei para uma amiga.

Deixe aqui um convite de leitura ao seu leitor, falando um pouco de você e sua obra se preferir.

A obra "Depois de Tudo" trata-se de uma leitura leve  sobre como enfrentar a depressão, onde relato casos de superação vivenciados no consultório.
Abordo também, a importância da Psicoterapia nos cuidados da saúde mental e emocional, buscando combater o preconceito do tratamento.
E, entre um caso e outro, um pouco da poesia, leveza e paixão pelos meus 37 anos de Psicologia, pois como sempre digo: Não sei se fui eu quem escolheu a Psicologia ou se foi ela quem me escolheu, o que importa é que desde então, caminhamos juntas em total sintonia!

Marcia Regina

Adquira o e-bbok da obra da autora clicando aqui!