Goretti de Freitas
(Ipatinga/MG)

foto para entrevista.jpg

Sua obra "PROMESSAS AZUIS" foi publicada por nós, este é o seu primeiro livro? Como se deu a ideia de publicá-lo? 

 A obra Promessas azuis é o meu oitavo livro. Eu gosto de haicais. A ideia se deu pelo simples desejo de colocá-los no papel.

Qual o objetivo da sua obra, a sua importância para o universo literário ou para o assunto que aborda?

O objetivo da obra é levar ao leitor um instante de leveza e uma leitura de fácil compreensão. Acredito ser importante porque os leitores que gostam de poemas, devem conhecer as várias modalidades existentes.

 

Como é ser escritor hoje em dia?

Ser escritor nos dias atuais não é fácil. Acredito que sempre foi difícil, principalmente pelos altos custos para a publicação, fazendo com que o livro chegue com preços bem elevados ao leitor.

Como sua experiência de vida lhe influencia na escrita? Quais são suas inspirações?

Minha experiência de vida sempre me influenciou na escrita. Foi professora durante anos e estava sempre buscando alternativas que auxiliassem meus alunos na leitura e na produção de seus próprios textos. As idas e vindas em livrarias e bibliotecas foram fundamentais tanto para mim quanto para eles.

Inspiração é algo inexplicável que surge de uma hora para outra.

A família e os amigos lhe apoiaram nesta empreitada? Qual fator determinante do apoio ou não deles?

Sim. Sempre! Eles são fundamentais. Se não fosse o apoio deles ajudando a segurar a "barra", incentivando, a vida certamente, não teria a mesma cor.

Como você enxerga a questão da leitura e do consumo de livros hoje no Brasil?

Em várias cidades brasileiras vejo que tem melhorado bastante. Existem educadores muito empenhados em adquirir livros e criar ambientes de leitura.

Você pretende seguir publicando mais livros? E quais assuntos que gostaria de abordar futuramente?

Sim. Já estou com mais dois livros na gráfica. Um deles é composto de poemas livres, e o outro é composto de oitenta pequenos monólogos.

Como você espera que os leitores interpretem a sua obra?

No livro Promessas azuis, como se trata de linguagem simples, creio que eles entenderão do jeito que está escrito, mas vale dizer, que o leitor é livre para ler e entender de acordo com seus conhecimentos prévios e sua visão de mundo.

Como foi a sua experiência em publicar na Editora Becalete?

A experiência foi fantástica! Pessoas competentes, educadas, pacientes, um atendimento impecável. Sempre que nos comunicamos, o que pude sentir foi muita harmonia, paz e segurança de que tudo sairia da melhor forma possível. Aproveito para parabenizá-los pelo empenho e desempenho!

Deixe aqui um convite de leitura ao seu leitor, falando um pouco de você e sua obra se preferir.

Caro leitor,

O meu nome é Goretti de Freitas e moro na cidade de Ipatinga-MG.

O maior desejo é que você busque um contato íntimo com cada um dos haicais do livro Promessas azuis. Desejo que leia, reflita e passeie nos mesmos lugares pelos quais passei. Tomara que você visite as mesmas paisagens e outras mais interessantes e possa encontrar os mistérios escondidos nas palavras. Depois, eu creio! Você criará o seu próprio haicai e nós nos encontraremos por aí.