Cristiano Rafael Pinno (Ijuí/RS)

Entrevista em 05/08/2020

- Sua obra BOLITAS? QUE JOGO É ESSE? foi publicada por nós, este é o seu primeiro livro? Como se deu a ideia de publicá-lo?

Essa foi nossa primeira experiência como autores. O projeto surgiu a partir da ideia de utilizar a literatura infantil para promover as práticas da Cultura Corporal de Movimento. Ou seja, apresentar e problematizar temas como a dança, as brincadeiras e os jogos, a partir da leitura.

 

- Qual o objetivo de sua obra e sua importância para o universo literário ou para o assunto que aborda?

O objetivo desta obra é justamente resgatar esta atividade que está desaparecendo de nosso contexto por diferentes motivos e promovê-la como uma alternativa à diversão das crianças.

- Como está sendo a experiência de ser escritor?

A experiência enquanto escritor está sendo muito agradável, principalmente pelo retorno que temos daqueles que acompanham nosso trabalho como docentes de escola pública. Perceber o reconhecimento pelo trabalho desenvolvido, sem dúvida, é muito gratificante.

 

- Como sua experiência de vida lhe influencia na escrita? Quais são suas inspirações?

Não tem como negar que o cotidiano está presente nesta obra. As histórias vividas no ambiente escolar e também a percepção das necessidades identificadas no dia-a-dia representam nosso combustível para a criação.

 

- A família e os amigos lhe apoiam nesta empreitada? Qual fator determinante do apoio ou não deles?

Entendemos que para qualquer projeto o apoio da família é essencial. Quando não o temos, tudo fica mais difícil. Não foi esse o nosso caso. Nossas famílias acompanharam com muito carinho todo o processo desde os primeiros rabiscos.

 

- Como você enxerga a questão da leitura e do consumo de livros hoje no Brasil?

Há uma diversidade muito grande de possibilidades para leitura desde o entretenimento, pura e simplesmente, até os trabalhos voltados para assuntos mais técnicos. Contudo, vemos que um caminho muito grande ainda precisa ser percorrido para que o interesse da população recaia sobre a leitura. Percebemos, pelas escolas em que atuamos que os alunos tem muito mais lberdade para escolher seus livros do que quando eramos alunos. Isso é bom, principalmente quando queremos construir a cultura da leitura.

 

- Você pretende seguir publicando mais livros? E quais assuntos que gostaria de abordar futuramente?

Como ressaltamos no início, este é um projeto que envolverá outros títulos tematizando assuntos da educação física com situações transversais como questões de gênero, deficiência, desigualdade social, entre tantas outras tematicas que estão diretamente associadas às práticas da cultura corporal de movimento. Então, dar continuidade é um compromisso que nos colocamos desde o início.  

 

- Como você espera que os leitores interpretem sua obra?

Esta obra precisa servir exatamente como um resgate à esse jogo que já foi muito popular. Contudo, a temática de fundo que trata da necessidade de nos adaptarmos às mudanças, de nos dar a oportunidade de recomeçar, de viver novas experiências, caso da protagonista que muda de cidade e precisa refazer seu circulo social, também deve ser observada.  

 

- Como foi a sua experiência em publicar na Editora Becalete?

A parceria com a Editora Becalete foi sensacional, especialmente, na pessoa do Luciano que foi muito competente no encaminhamento de todo o processo. Isto é importantíssimo para quem está começando, como foi o nosso caso.

 

- Deixe aqui um convite de leitura ao seu leitor, falando um pouco de você e sua obra se preferir.

Fica o convite para todos conhecerem nosso livro "Bolita? Que jogo é Esse?" publicado pela Editora Becalete e desfrutar de bons momentos de leitura seguidos de grandes disputas deste jogo tão divertido. É uma ótima oportunidade para reunir a família e os amigos e voltar ao bom e velho campinho de terra. Bora jogar bolita?

Adquira a obra de Cristiano Pinno na nossa galeria clicando aqui!

© 2020 por LB