top of page

 Antonio Coelho Moreira
(Lagoa Formosa/MG)

foto com livro_edited.jpg

Sua obra "Tributo que vem do coração" foi publicada por nós, este é o seu primeiro livro? Como se deu a ideia de publicá-lo? 

Esse é meu terceiro livro, sendo o segundo publicado pela Editora Becalete. A ideia de publicar essa obra, surgiu no começo do luto pelo meu irmão caçula que teve a sua "passagem" no dia 31 de março de 2.023, vítima de um tumor cerebral - Glioblastoma Multiforme. Escrever, foi o jeito que encontrei para minimizar minhas dores emocionais durante o luto e ao mesmo tempo compartilhar essa história cheia de experiências dolorosas diante de nossas fragilidades e impotências..

Qual o objetivo da sua obra, a sua importância para o universo literário ou para o assunto que aborda?

Acredito no poder da comunicação através desse livro, onde fiz uma narrativa baseada nessa  história emocionante e reflexiva sobre a luta contra o câncer. Uma doença complexa até mesmo para a ciência médica. Como lidar com essa realidade... Os embates, a dedicação das famílias para manter o equilíbrio tão necessário em cada momento. A obra traz diversos textos acerca das sequelas e a grandeza pessoal de meu irmão, que mesmo debilitado, sorria e se esforçava para ajudar nos moemntos de cuidados e sem jamais reclamar de seu sofrimento.

Como é ser um escritor hoje em dia? 

Ser escritor hoje em dia, é um desafio contemporâneo, que exige muitos cuidados na elaboração de conteúdos mais objetivos e que sejam inovadores. Com assuntos bem selecionados, para conquistar o leitor, porque vivemos inseridos no mundo da internet, além de outras mídias que estão fortemente interagindo com as pessoas. Há ainda as redes sociais, que também encantam vários segmentos etários da sociedade. Os livros impressos e eBooks devem conter argumentos inovadores e cativantes para o maior número de legentes.

Como sua experiência de vida lhe influenciou na escrita? Quais são suas inspirações?

Minha experiência de vida é a base que me inspira e me ensina a ser observador, para fazer a transposição desses conhecimentos adquiridos ao longo de minha vida, bem como das leituras de mundo para os livros. Minhas inspirações são reflexos do meu cotidiano e das vivências que considero importantes. São essas "células" que se tornam obras literárias. Um patrimônio na forma de registros escritos que entendo ser um acesso fácil a quem se interessar e que não tem data de validade, podendo permanecer durante várias gerações.

A família e os amigos lhe apoiou nesta empreitada? Qual fator determinante do apoio ou não deles?

Esses dois grupos - família e amigos - em maioria, sempre me apoiam e me incentivam, porque valorizam meus saberes, tanto o empírico como o conhecimento organizado. Eles entendem  que não sou uma pessoa acomodada e que pesquisa para depois desenvolver uma obra. O fator determinante que me sustenta, é o respeito sobre meus trabalhos e até mesmo demonstrações de orgulho pelos livros já lançados.

Como você enxerga a questão da leitura e do consumo de livros hoje no Brasil?

 A leitura e o consumo de livros nos Brasil é algo intrínseco à diversidade cultural de cada região ou lugar. Essa, é constituída pelos valores adquiridos  na escola, em consonância com os valores sociofamiliares. Esses, formam opiniões e desenvolvem hábitos de leitura. O consumo de livros no Brasil é relativamente baixo, por questões da falta de hábitos e pelo preço elevado, muitas vezes, outros bens de consumo são prioridade. Muitas escolas públicas ainda têm pouca oferta de livros nas "Salas de Leituras" além da falta de professores orientadores e incentivadores dessa tarefa.

Você pretende seguir publicando mais livros? E quais assuntos que gostaria de abordar futuramente?

Pretendo seguir publicando novas obras. Naturalmente com vistas a aprimorar meu trabalho, entendo ser um caminho que possa cativar novos leitores. Entre os assuntos que gostaria de escrever estão: livro de conto, baseado em situações atípicas vivenciadas no meu dia a dia; tenho interesse em escrever sobre experiências de vida que marcam passagens em família e na sociedade, para deixar registros que serão retomados no futuro. Lembrando que a falta de registros escritos é uma falha que não deveria acontecer.

Como você espera que os leitores interpretem a obra? 

Esse livro - Tributo Quem Vem do Coração - é de fácil interpretação, porque o seu conteúdo faz um "paralelo" com situações vividas por muitas famílias. Assim, desperta muitas reflexões  diante de nossas fragilidades. A abordagem vai além de contar sobre  o  câncer que acometeu o cérebro do meu irmão, ela apresenta exemplos de como interagir nos momentos de grandes embates emocionais.

Como foi as suas experiências em publicar na Editora Becalete?

Publicar com a Editora Becalete, foi "surreal" - domínio de um sonho. Porque o apoio foi total, além de incentivos, a equipe passa muita segurança para os escritores. Principalmente porque logo de cara, esse apoio oferecido, já desmistifica o processo de elaboração do livro. Eu tenho orgulho por ter construído um vínculo de parceria e até mesmo de companheirismo durante a  elaboração de cada obra, haja vista o cuidado em cada fase do trabalho. O saber organizado e dentro das regras necessárias, o registro (ISBN), o ebook, a divulgação e até o custo... Nota 10!

Deixe aqui um convite de leitura ao seu leitor, falando um pouco de vocês e da obra se preferir.

Caro leitor, tire um tempo para conhecer meus livros... Meu trabalho é feito como se eu fosse o próprio leitor. São textos mais objetivos onde eu primo por leituras mais leves. Você pode ler um texto e depois retoma, dando continuidade no próximo, sem precisar voltar aos anteriores. Posso garantir que vai encontrar situações que são parecidas também com as de muitas outras pessoas. Te aguardo...

Adquira a obra de Antonio Coelho Moreira através do
e-mail: coelhomoreira@uol.com.br

bottom of page